CabelosSaúde

O que fazer para dar aquela força no crescimento dos seus fios

Publicado em

Se identificou com o problema? Se sim, pode ficar sossegada porque não é um assunto inédito entre os especialistas em cosmética e dermatologia. O diagnóstico específico de cada caso pode obviamente variar, mas a solução genericamente está vinculada à nutrição do bulbo capilar — aquele lugar em que os fios são produzidos.

Essa nutrição leva em conta compostos de ferro, zinco, cobre, magnésio, além de aminoácido. Portanto, a primeira coisa que você pode fazer para ajudar seu cabelo a crescer é caprichar na alimentação! Lembre-se apenas que ninguém melhor que um dermatologista para indicar precisamente o que suas madeixas precisam, mas aqui vai um mapa rápido e direto sobre onde encontrar cada um dos nutrientes em questão.

Proteínas: carne vermelha, frango, peixe e ovo.

Ferro: feijão, lentilha e folhas verde-escuras, como espinafre e couve.

Enxofre: couve, agrião, repolho e couve-flor.

Cálcio: leite e seus derivados.

Selênio: peixes, grãos, carnes, leite.

Zinco: leite, fígado, moluscos, farelo de trigo.

Vitaminas do complexo B: carne de porco, fígado, vísceras, legumes, grãos integrais (vitamina B1); leite e derivados, ovos, vegetais de folhas verdes (vitamina B2); carne de porco, farelo e germe de cereais, leite, gema de ovo, farinha de aveia (vitamina B6); fígado, leite e derivados, carnes, ovos (vitamina B12).

À medida que intensificamos o consumo desses nutrientes, a velocidade do crescimento dos cabelos também aumenta. A ideia é permitir que os fios absorvam os nutrientes e protejam o couro cabeludo de infecções, influenciando um aumento na produção e velocidade de crescimento de seus cabelos. Importante ressaltar que a média de crescimento mensal é de até 1,2 cm, hein! É bom ir com os dois pés no chão e paciência na cabeça.

Dica extra: aposte na massagem!

Outra maneira simples de estimular o crescimento do cabelo é massageando o couro cabeludo. A prática aumentará o fluxo do sangue na região e potencializará a força da raiz, além de auxiliar na penetração dos nutrientes. A massagem pode ser feita com o cabelo seco, mas a sugestão do site de dicas de beleza “Byrdie” é utilizar o óleo de alecrim para aumentar os benefícios.

MASSAGEM COM ÓLEO DE ALECRIM

O produto é usado há séculos para ajudar no crescimento dos fios, pois dilata as veias de sangue e estimula o folículo a produzir mais cabelos. Quem tem a raiz oleosa pode aplicar o produto uma vez por semana. Para fazer a massagem, basta pingar algumas gotas no xampu ou diluí-lo com outro óleo, como azeite ou coco, e aplicar diretamente no couro cabeludo. Em seguida, movimente os dedos suavemente.

MÁSCARA DE GEMA DE OVOS

Se seu cabelo fica quebradiço antes de atingir os ombros, a máscara de gema de ovos pode ajudá-la a conquistar fios longos e saudáveis. Os ovos contêm lecitina e proteína, que fortalecem, nutrem e tratam. Além disso, podem ajudar com o problema da caspa. Para preparar a máscara, misture dois ovos com duas colheres de azeite. Você pode adicionar meio copo de água para diluir a máscara e deixá-la com aspecto menos pegajoso. Aplique-a diretamente no cabelo seco e deixe agir por 30 minutos. Em seguida, use o xampu e condicionador para lavar.

 

Fonte: M de Mulher